segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Exorcismo

image

    Em muitas culturas antigas como a babilônica e judaica, algumas doenças e catástrofes naturais eram atribuídas aos espíritos malignos, desta forma, para livrar as pessoas destes males que as afligiam era utilizado o exorcismo, que nada mais é, de acordo com a enciclopédia católica: “ato de expulsar, ou repelir, os demônios ou espíritos do mal de pessoas, lugares ou coisas, que acredita-se estarem possuídas ou infestadas por eles, ou propensos a se tornarem vítimas ou instrumentos de sua malignidade".

Há vários tipos de exorcismo na Igreja Católica:

  • Exorcismo batismal - abençoar uma criança antes do batismo para purificá-la do mal, resultado do pecado original;
  • Exorcismo simples - abençoar um lugar ou objeto para livrá-lo da influência do mal;
  • Exorcismo real - realizar o Ritual do Exorcismo para livrar um ser humano da possessão diabólica.

Possessão

    Possessão é o estado ou condição em que o corpo e (ou) a mente de um indivíduo são supostamente possuídos ou dominados por uma entidade (um ser, força, ou divindade) que lhes é externa, ou que não se manifesta habitualmente nas atividades da vida diária.

Sinais de Possessão

  • Falar ou entender linguagens que a pessoa nunca aprendeu (diferente de "falar em línguas", que é considerado um sinal de êxtase religioso, não de possessão);
  • Saber (e revelar) coisas que a pessoa não tem como saber;
  • A pessoa adquire uma força além das capacidades humanas;
  • Uma violenta aversão a Deus, à Virgem Maria, à cruz e outras imagens da fé católica;

A Investigação

    Ela se inicia em um processo de eliminação, com perguntas bem claras: o paciente possui algum sinal de possessão? Existe alguma outra explicação para tal fato? Depois disso, o padre consulta um psiquiatra para averiguar a ocorrência de alguma doença mental, que possa corresponder com tais sintomas. O padre, também, pode consultar um perito paranormal aprovado pela Igreja para uma ajuda adicional. Outra possibilidade que o investigador deve considerar é a velha fraude. Depois de tudo isso, se o padre realmente estiver convencido de a única solução é o exorcismo, ele, então, encaminhará a notificação ao seu supervisor afirmando que o exorcismo está de acordo com as regras. E assim, a Igreja pode decidir sancionar um exorcismo oficial e indicar um exorcista para o caso. Geralmente o exorcista é o mesmo padre que fez a investigação, mas não se descarta a convocação de outro padre para realizar o ritual.

     As ocorrências de exorcismo para a Igreja Católica são raras, afirmam ocorrer uma a cada 5 mil anos.

O ritual

     Para realizar o ritual, o exorcista veste sua sobrepeliz e a estola roxa, faz recitações de orações, salmos e cânticos sagrados, borrifa água benta em todos na sala, coloca suas mãos no paciente, faz o sinal da cruz tanto em si como no paciente e toca o paciente com uma relíquia católica (geralmente um objeto associado a um santo).

Estágios do Exorcismo

     Esses estágios não são endossados pela Igreja, mas é encontrado na obra de Malachi Martin “Refém do demônio”.

  1. Presunção - o demônio esconde sua verdadeira identidade;
  2. Ponto fraco - o demônio se revela;
  3. Conflito - o exorcista e o demônio lutam pela alma do possuído;
  4. Expulsão - se o exorcista ganha a batalha, o demônio deixa o corpo do possuído;

Outros tipos de aproximações de espíritos malignos ou demônios

  • Encosto: O espírito fica próximo à pessoa, mas a influência é pequena;
  • Espírito opressivo: O espírito tem a capacidade de "vampirizar" a energia do indivíduo. Os efeitos são sentidos como um cansaço ou vontade de chorar que podem cessar de um momento para outro
  • Obsessão: O espírito consegue ficar de maneira tão dominante no corpo astral do indivíduo que pode até mesmo mudar o modo de falar e fazer coisas que normalmente não faria no dia-a-dia. Chega até mesmo a não reconhecer parentes e pessoas próximas de seu convívio. É bom frisar que aqui no Brasil de acordo com o espiritismo ou nas religiões afro-brasileiras como a umbanda e candomblé, existem os fenômenos de possessão de espíritos doutrinadores e iluminados, trazendo ao médium apenas benefícios;
  • Possessão demoníaca: espírito toma o corpo da pessoa, fazendo com que ocorram até fenômenos de "poltergeist" (conjunto de fenômenos produzidos espontaneamente, que consiste em ruídos e deslocamento de objetos, podendo ter duração indeterminada);

Exorcismo em outras religiões

  • Anglicanos: O demônio pode ser combatido em orações, hinos e leituras da Bíblia, mas não existe uma cerimônia específica. Os casos de exorcismo são muito raros. Quando ocorrem, o possuído é "tratado" num grupo de orações, que lhe recomenda jejum, abstinência sexual e adoração a Deus.
  • Judaísmo: Em seus ensinamentos é contado que o espírito malévolo chamado de dybbuk, volta para concretizar um negócio inacabado e assume o corpo de uma pessoa para atingir seus objetivos. O dybbuk pode ser expulso por meio de um ritual de exorcismo e deixa o corpo através dos dedos do pé.
  • Islamismo: a crença islâmica conta sobre um jinn - um espírito do mal, escravo de Satã - que pode invadir o corpo humano e causar doenças, dor, tormento e pensamentos ruins. Esse jinn pode ser expulso pela pessoa possuída recitando-se passagens específicas do Alcorão.
  • Hinduísmo: as escrituras dos Vedas contam sobre um espírito do mal que pode não apenas prejudicar humanos, mas também ficar no caminho das vontades dos deuses. O tradicional exorcismo hindu inclui rituais como queimar excremento de porco, recitar orações e oferecer doces aos deuses.

Alguns Filmes sobre Exorcismo

  • O Exorcista
  • Horror em Amityville
  • Poltergeist
  • Repossuído
  • Stigmata
  • Almas perdidas
  • O Exorcista: o início
  • O exorcismo de Emily Rose
  • O Ritual

Eduardo Logan

Fontes:

http://www.newadvent.org/cathen/05709a.htm

http://www.spectrumgothic.com.br/ocultismo/exorcismo.htm

Julia Layton.  "HowStuffWorks - Como funciona o exorcismo".  Publicado em 08 de setembro de 2005  (atualizado em 23 de abril de 2007) http://pessoas.hsw.uol.com.br/exorcismo3.htm  (04 de julho de 2011)

5 comentários:

  1. Por que esses sintomas nunca aparecem no pessoal do descarrego da Universal? Lá os espiritos mal sabem falar o português.

    ResponderExcluir
  2. que mentira esse post.. exorcismo é muito raro na igreja catolica uma a cada 5 mil anos.. A IGREJA CATOLICA TEM NEM 2 MIL ANOS... TEM base falar isso na materia.

    ResponderExcluir
  3. hei criticão!
    Essa foi boa,muito boa
    os espiritos da universal não sabem nem falar o portugues
    huahuahua,gosteiii.

    ResponderExcluir
  4. primeira coisa não acredita não critique se não fosse os católicos vocês nem teriam bíblia qual foi a primeira igreja do cristianismo mesmo??

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails